Home Canalização? Nossos canalizadores Sobre nós Contact


Home > Português > Blossom Goodchild - January 17, 2010

January 17, 2010

Blossom: Olá, aí em cima … sou eu aqui de baixo … estamos prontos para outra sessão?

Federação da Luz (FL): Na verdade gostamos de ver o teu entusiasmo, hoje. Podemos recordar que houve vezes, nas comunicações passadas, em que tudo que desejávamos exprimir estava longe do que tu desejavas que comunicassemos. Com isto queremos dizer que o que era compreensível para nós, não era do mesmo calibre daquilo que vós, na Terra, esperavam ouvir.

Blossom: Há aí qualquer coisa em particular a que se estejam a referir?

FL: Muitas. Como agora começam a compreender, nós estamos numa vibração completamente diferente dos da Terra. Se pudessem imaginar a vida diária de … digamos, ‘uma formiga’? O que acontece habitualmente com uma formiga é, naturalmente, muito diferente de um ser humano tal como tu. Pedimos então para considerarem que NÓS não somos seres humanos, da mesma maneira que não sois formigas. Por esta razão aquilo que se espera da nossa existência diária ultrapassa muito o que podem inferir da vossa vibração terrena. Uma formiga pode conhecer-vos … a vossa energia … além disso não se espera que ela conheça todos os vossos pensamentos e razões para aplicar esses pensamentos à vossa actividade diária. Então podeis ver como é, pois aquilo que escolhemos dar-vos como conhecimento, nesta ocasião, é o que consideramos ser útil para vós. Mas ainda assim frisamos, não somos como vós … não temos a vossa frequência. Delineamos o que sentimos ser informação importante … por exemplo … as cores que vemos. A velocidade com que vibram. Tentamos interpretar isso na ‘nossa linguagem’ … e em VERDADE não temos nenhuma. Não da maneira falada. Porque só temos necessidade apenas de comunicação telepática.

Blossom: Como isto? A maneira como trabalhamos?

FL: Um pouco. Mas não é bem o mesmo. Pois usamos palavras para comunicar contigo de modo que as nossas intenções sejam compreendidas. Onde residimos não há necessidade de palavras … porque o ‘sentir’ a intenção é apanhado pelo outro … que esteja na mesma frequência … isto é, perfeitamente sintonizado um com o outro, e é facilmente compreendido o que se deseja exprimir. Por vezes no vosso mundo sois capazes de agarrar a frequência de outros a ponto de saber exactamente o que querem dizer. É a mesma coisa … mas talvez … não. De novo … as diferenças de frequência não nos permitem exprimir o nosso ponto com grande exactidão, porque simplesmente não pode ser aceite. Da mesma maneira, uma formiga não compreende como ligar um computador e usar o sistema, e por essa razão não vale a pena tentar começar a explicar. Saibam, por favor que não temos uma atitude condescendente. Simplesmente, é a maneira tal como ela é.

Blossom: Então, quando dizem que trabalham connosco dependendo das cores que irradiamos, nessa ocasião... querem englobar a totalidade, ou apenas eu, na qualidade de a canalizadora, tenho bastante a ver com isso?

FL: Querida senhora, não comunicaríamos contigo quando ou se as tuas defesas estivessem baixas. Não seria bom para a tua saúde nem para a Verdade da nossa comunicação. Por essa razão, como assumiste correctamente durante o período que estiveste doente, na verdade teria sido impróprio considerar a comunicação entre os nossos mundos. Tu sabes quando estás com a vibração/ou a disposição para fazer contacto, e nós ‘ouvimos’ o desejo e geramos o necessário ‘know how’ de modo a permitir que ela aconteça.

Blossom: Tendes de parar o que estais a fazer para falarmos? (Penso que já perguntei isso antes … falha de memória … desculpa!) Sei que no passado falamos da Edwina, a vossa substituta para me representar … será que os que tomam parte na conversa têm de ocupar o lugar numa certa câmara para isso acontecer?

FL: Estás a apanhar os nossos pensamentos antes de teres acabado a pergunta. A melhor maneira que temos para te explicar é de uma câmara, que pode conter o padrão energético do teu pensamento enquanto comunicamos um com o outro. Se bem que não seja mesmo uma câmara tal como conheceis. É mais como um ‘sifão’.

Blossom: Será a palavra correcta que quereis dizer… ‘sifão’? … tive uma certa dificuldade de a apanhar.

FL: É a melhor comparação. Estás a ver um tubo fino de vidro e a ter a sensação de que tudo está a acontecer entre nós é filtrado para trás e para a frente através desse tubo. Dizemos, de novo, que é a melhor maneira que temos para descrever o processo. Pois como sabes, não há limite à energia do espaço da vida. Por esta razão não podemos precisamente permitir que os teus e os nossos pensamentos sejam enviados para o exterior na esperança que, com um pouco de sorte e de boa intenção, eles chegassem ao lugar para onde foram dirigidos. Têm de estar dentro de uma cápsula para os manter no caminho certo, por assim dizer.

Blossom: Sim, estou a ver. E parece tão simples, no meu ponto de vista … eu apenas ouço a próxima palavra na minha cabeça, (embora realmente não te possa ouvir) e escrevo-a. Passa-se o mesmo contigo? Está a apanhar o que estou a escrever e a pensar para ti?

FL: É isso mesmo. Comunicação por bandas de ondas de telepatia. No vosso mundo tendes toda a espécie de aparelhos para vos ajudar a falar uns com os outros. Não necessitamos dessas coisas.

Blossom: E não tendes facturas! Por isso, sei que muitos gostariam que eu perguntasse, porque é que posso ligar-me contigo e os outros não? Sei de certeza que há outros de vibrações mais altas do que eu, então o que é que torna isso fácil para mim?

FL: Porque não sabes quem és. Se soubesses nem sequer perguntavas.

Blossom: Então agora …… a coisa é … Talvez alguém, ou quem ler isto diga … bem então continua. Quem sou eu? Mas sabeis que mais? Realmente não desejo saber. Se soubesse, isso iria mudar quem eu sou … aqui em baixo nesta vibração. Apenas sinto que não é próprio que eu saiba. Ao mesmo tempo sabendo isso noutro nível, tenho de saber. Seria impossível não saber.

FL: Queridos amigos da Terra, muitos de vós continuam nas vossas actividades do dia a dia … devemos dizer com todo o respeito … esquecidos da VERDADE de quem realmente sois. Podeis aceitar isso a um certo nível de vós, e ainda assim, tal como Blossom fez, ignorais isso.

Blossom: Não, não estou a ignorar … Mas sinto que estou aqui como um habitante da Terra com um propósito terreno. Quem quer que seja como corpo espiritual é de uma compreensão que não posso abranger aqui em baixo, por isso, e por essa razão … sinto --- que não é necessariamente apropriado saber.

FL: Porquê?

Blossom: Porque … que diferença é que isso iria fazer? Isso não importa.

FL: Exactamente. Isso não significa outra coisa do que reconhecer a vossa própria magnificência!! Porque simplesmente vocês não reconhecem! … e desejaríamos tanto que começassem a compreender a importância deste reconhecimento. Porque iria permitir-vos trazer para diante as maravilhas que residem no interior. Todos vos sentais a perguntar quando é que esse ‘quantidade de milagres’ irá começar a acontecer … quando é que realmente ireis ver o principiar do Novo Mundo. Queridos, como vos dissemos em dias passados …

SOIS VÓS QUE ESTAIS A CRIAR ESSE MUNDO NOVO.

É precisamente por isso que vos pedimos para se ligarem com o vosso Eu Superior de maneira a SABER COMO trazer esses aspectos miraculosos PARA a vossa forma humana, para criar esse MIRACULOSO MUNDO NOVO. Vêm? Compreendem? ISSO É DA VOSSA CONTA!! E ainda assim negais a vós próprios os vossos direitos dados por Deus. Ser do mais puro AMOR. ISSO É O QUE VOCÊS SÃO.

Sabemos que muitos sentem que as canalizações nos dias de hoje estão a repetir as mesmas coisas sempre e sempre. E ainda assim … numa aula de matemática seria inútil ensinar equações avançadas se o sistema básico da soma e da subtracção não tivesse sido compreendido. Simplesmente estaria fora do contexto. O mesmo aplica-se à compreensão espiritual de vós próprios.

Há leis universais que não podem ser alteradas, em circunstância alguma. Há livre arbítrio no vosso planeta dentro da forma da expressão humana. Isso é uma Dádiva Divina. E podemos dizer, nem sempre é apreciada da maneira que vos foi dado. Mas não pode ser alterado … porque era uma lei do vosso mundo quando ele foi criado. Já demos voz a isto nas nossas primeiras comunicações. Por isso desejamos continuar a dizer que …. Há leis a reger este universo e em todos os universos. Essas leis são de essência Divina e nada pode prevalecer sobre essas leis. Neste ponto, é tudo que queremos oferecer sobre este assunto porque não vos podemos levar para a ‘universidade’ antes de terem estudado na escola. Além disso, dizemos … sim, sois de forma humana e, por essa razão, de natureza humana, mas o vosso desenho, o vosso destino … se pudéssemos ter explicado isto desta maneira … é que … como ‘novos seres humanos’, ides trazer a vossa essência espiritual para um equilíbrio com a vossa perspectiva humana. Ides ser capazes de usar as vossas dádivas espirituais (para as quais não há fim) dentro da vossa forma humana.

O vosso mundo fala dos dias da Atlântida e da Lemúria … de mundos de civilizações avançadas … e mesmo assim dizemos … através da VOSSA ESCOLHA … estais aqui para trazer AGORA um NOVO MUNDO que vos leva para lá da glória dos dias passados que foram trazidos ao vosso conhecimento. Porque muitos de vós agora aqui … experimentaram então esses mundos … e aprenderam coisas que foram aceites de não se repetir de novo. O vosso crescimento como alma sabe de dilúvios e armadilhas que foram trazidos pela ganância e falta de espírito íntegro. Por outras palavras, como a alma se separa da sua VERDADE por desejos egoístas, o indivíduo aprendeu a morte que esses esforços trazem. Como dissemos, esse NOVO MUNDO está para lá da imaginação.

Blossom: Desculpa interromper o raciocínio, mas se está para lá da imaginação … como é que podemos criá-lo? …. Estou a ter respostas antes de acabar a pergunta… É engraçado!!

FL: Na verdade. Estamos ligados nestas comunicações mais recentes a um nível nunca antes atingido. É por isso que é muito mais fácil. A resposta que sabias é … e suspeitamos que muitos sabem antes de a exprimirmos … porque muitos também se ergueram nas suas vibrações da alma …

Quanto mais permitirem ligar-se com o vosso Eu Superior … ESSA VERDADE DO QUE SOIS … mais capazes são de se ajustar às frequências mais Altas … que contêm imaginações como ainda não tinham vislumbrado. Quanto mais Alto permitirem que a vossa vibração se erga, mais informação pode ser trazida do CONHECIMENTO do vosso Eu Superior (Alma). Realmente é tão simples quanto isto.

Blossom: E talvez alguns pudessem dizer…. Mas eu tento erguer a minha vibração mas penso que o disco está emperrado!!!

FL: E talvez devemos dizer … então desemperra-o! Não podemos fazer isso por ti. Só vós próprios se podem libertar das maneiras antiquadas. Vimos apenas ajudar-vos a encontrar maneiras de compreender o nível de AMOR que Verdadeiramente sois. Não podemos nem devemos fazer isso por vós. Não podemos interferir desse modo.

SOIS AMOR. Quanto mais se comportarem na totalidade do PRÓPRIO AMOR mais altas se tornam as vibrações. Quanto mais Altas se tornarem as vossas vibrações, mais compreendeis e vos tornais em PURO AMOR. Quanto mais alto subirem, mais AMOR sois … tornando-se finalmente na VERDADE DE VÓS PRÓPRIOS.

SEJAM DO AMOR, QUERIDOS. APENAS DO AMOR. O NÍVEL MAIS ALTO DO AMOR QUE POSSAM SER, ONDE ESTAIS, NUM DADO MOMENTO DA VOSSA EXISTÊNCIA. Porque então e só então, reconhecereis a Verdade de que falamos. Porque podíamos ser tão atrevidos para dizer … Os vossos corações sabem que falamos a VERDADE.

Blossom: Sim … o meu sabe … não posso falar por mais ninguém. Mas a parte mais profunda do meu Ser SENTE o que estais a dizer e isso sintoniza-se mais comigo do que quaisquer outros ensinamentos que me foram oferecidos durante toda a minha vida. Sei que todos devemos seguir o caminho que nos é mais desejável … e acho que o vosso é muito fácil de percorrer. Obrigado por partilharem isso connosco. AMO estar de novo neste espaço convosco. Isso enche o meu coração com uma cantiga! ♪ ♪ ♪ ♪ ♪Oh, que linda manhã ♪ ♪ ♪ ♪ ♪ como o meu pai costumava cantar debaixo do chuveiro!!!

FL: Bênçãos de Amor de Todos para Todos.

Blossom: De novo quero pôr Adieu. Não sei se é a minha mente a regressar ao término das comunicações com White Cloud … ou se, em qualquer ponto do futuro, a VERDADE da identidade de White Cloud irá ser revelada … que me foi dito que ia acontecer um dia … Mmm … A conspiração adensa-se!!


Website: Blossom Goodchild


Would you like to comment on this message? Send us an e-mail! If we find it appropriate, we will place it under this message.
If you would like to receive an e-mail from us when there's a new message from Blossom,
please let us know and we'll add you to our mailing list.

Galactic Channelings

Create Your Badge



© GalacticChannelings.com setembro 26 2017 | Contact | Add to Favorites